Criado em 2009, Dia da Cachaça é celebrado em 13 de setembro

O dia 13 de setembro serve para relembrar uma das principais marcas brasileira: a cachaça. Criado em 2009, o Dia da Cachaça celebra um dos patrimônio nacionais. Afinal, a bebida surgiu no território nacional entre 1516 e 1532.

Historicamente, a cachaça é conhecida como primeiro destilado nascido na América Latina, antes mesmo da tequila mexicana e do rum caribenho. No século 17, a bebida necessitou resistir a determinação real que prestigia outra bebida, a bagaceira, produzida pelos portugueses a partir da uva.

Em 1635, o rei de Portugal até chegou a emitir lei vetando a produção de cachaça, mas a medida não impactou realmente no comércio. Duas décadas depois, o governo optou por proibir o comércio da bebida. Sendo assim, as autoridades realizaram apreensões do produto, destruição de alambiques e ameaças de deportação.

Por isso, a Revolta da Cachaça ocorreu na época com produtores do Rio de Janeiro a frente de um movimento. Essa ação acabou por contribuir para a legalização da bebida anos depois. Hoje em dia, a cachaça é um produto tipo exportação e de referência em concursos nacionais e no exterior.

A ascensão da cachaça

De acordo com a Agencia Brasil, essa popularização da bebida se baseia em números. Na atualidade, a cachaça é a segunda bebida alcoólica predileta do brasileira, conforme estimativa do Instituto Brasileiro de Cachaça (Ibrac). E ainda corresponde a 72% do segmento de destilados nacional. Além disso, a cachaça é o quarto destilado mais vendido no planeta.

A bebida gerou 7,26 milhões de litros exportados ano passado. Foram US$ 14,45 milhões favoráveis à balança comercial graças à bebida que outrora os portugueses proibiram por decreto. Além disso, o setor faturou R$ 14 bilhões em 2019.

Os dados mais recentes do segmento indicam que o país contava, em 2019, com mais de mil empreendimentos produtores. A capacidade produtiva é de 1,2 bilhão de litros anuais, só que a estimativa de produção fica em 800 milhões de litros.

Criado em 2009, Dia da Cachaça é celebrado em 13 de setembro
Foto: Agencia Brasil

Os dez estados com mais estabelecimentos produtores de cachaça registrados são Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraíba, Santa Catarina, Paraná, Goiás e Bahia. Já os maiores consumidores são os estados de São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará, Bahia e Minas Gerais.

Vale salientar que um levantamento recente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento apontou que ocorreu, no ano passado, um crescimento de quase 10% na quantidade de marcas e itens considerados como cachaça, mesmo que tenha ocorrido diminuição no número de produtores (em 2018 eram 1.397).

Ainda conforme a Agencia Brasil, o número de produtos passou de 3.648, em 2018, para 4.003 no ano passado.

O QUE VOCÊ ACHOU DESTE TEXTO?

Por favor insira seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui