Clubes e estabelecimentos poderão reabrir em regiões de Santa Catarina

Recentemente, o governo de Santa Catarina publicou a portaria 744, que determina requisitos para a volta das operações de casas noturnas, boates, pubs, casas de shows e afins nas regiões que estiverem no Risco Potencial Moderado (apresentado na avaliação estadual com a tonalidade azul) e somente com metade da capacidade autorizada pelo Corpo de Bombeiros.

Com relação as regiões com risco Gravíssimo (cor vermelha), Grave (cor laranja) e Alto (cor amarela) as atividades continuam vetadas.

De acordo com o mapa estadual divulgado no dia 22, nenhuma área do estado está pronta para voltar com esses estabelecimentos. No entanto, um novo mapa deve ser lançado nos próximos dias e trazer algumas novidades.

Nas áreas classificadas como Risco Potencial Moderado, as casas noturnas, boates, pubs e casas de shows necessitarão assegurar controle na entrada, medir a temperatura corporal de cada cliente, exigir o uso de máscaras faciais nas suas dependências, a manutenção do distanciamento social, com espaços marcados.

Empreendimentos do setor de eventos podem retornar gradativamente em SC

Além disso, esses empreendimentos devem oferecer locais estratégicos com álcool em gel, regras de segurança oferecer itens para higienização frequente das mãos.

Em contrapartida, o governo de Santa Catarina manteve a proibição para efetuar dias promocionais pelo risco de gerar aglomerações, como ingresso liberado ou desconto no consumo de bebidas alcoólicas.

Clubes e estabelecimentos poderão reabrir em regiões de Santa Catarina
Foto: Visual Hunt

“Estamos vivendo um impacto na economia por conta dessa pandemia e algumas atividades sofrem mais do que outras, infelizmente. Nos últimos dias, a SES publicou algumas portarias regulamentando atividades. As regras estão sendo postas, entendemos que o impacto é cruel ao setor, mas nossa obrigação como profissionais de saúde é deixar regras claras para que essas atividades sejam retomadas de forma segura”, disse o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Vale salientar que esses lugares também necessitar efetuar todos os dias processos que asseguram a limpeza das suas dependências, promovendo a limpeza com desinfetantes adequados.

Com relação a participação de músicos, bandas e DJ’s, se determina que o tempo para montagem e desmontagem dos instrumentos necessitam ser diferenciados e seguem proibidos o contato físico entre componentes dos grupos musicais, carregadores, montadores e outros colaboradores com os clientes nas datas reservadas aos eventos sociais em Santa Catarina.

O QUE VOCÊ ACHOU DESTE TEXTO?

Por favor insira seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui